Você está em:

Veja boas práticas para administração de estacionamentos

Muita gente nem imagina, mas a administração de estacionamentos é mais complexa do que parece. Por isso, é necessário que se contrate empresas terceirizadas e qualificadas para que o serviço seja feito de maneira satisfatória.

A administração de estacionamentos deve ser feita por companhias especializadas que contam com profissionais capacitados para desempenhar todas as funções necessárias, como é o caso da PareBem. Dessa forma, tudo corre conforme o esperado e o consumidor, ou seja, o motorista, é beneficiado por toda a logística que existe para que seu carro fique em um lugar seguro.
Veja boas práticas para administração de estacionamentos

Cada estacionamento possui um tamanho e deve estar apto para atender ao comportamento dos usuários que recebe. É preciso conhecer a rotina dos clientes para que seja possível definir a estratégia de gestão do estacionamento da forma mais efetiva o possível. Deve-se saber:

  • Horário de entrada e saída dos motoristas;
  • Média de tempo em seus carros ficam estacionados por dia;
  • Como os motoristas de cada região se comportam na hora de parar o automóvel.

Com base nessa análise do usuário é possível desenvolver estratégias de administração de estacionamentos e oferecer o melhor atendimento possível para os consumidores.

Por que contratar uma empresa de administração de estacionamentos?

Mais do que um meio de transporte, o carro proporciona bem-estar e segurança para as pessoas. É o veículo particular que leva e traz com agilidade e segurança para o trabalho, escola e que assegura os programas de lazer com mais conforto para toda a família, por exemplo.

Por isso, preocupar-se com o carro de alguém é muito mais do que garantir a segurança e preservação do veículo. Oferecer um serviço profissional é transmitir a mensagem de que a empresa compartilha os mesmos valores que o cliente e entende que o veículo é parte integrante da sua rotina.

Contratar uma empresa de administração de estacionamentos é a certeza de ter um serviço eficiente e preciso, já que haverá infraestrutura, controle e segurança de dados dedicados ao seu negócio.

Uma boa empresa de administração de estacionamentos contará com tecnologias e equipamentos de qualidade, processos de gestão de estacionamentos e know how, além de disponibilizar uma análise aprofundada do empreendimento para oferecer a melhor solução para a sua empresa.

Além disso, você vai levar para a sua companhia mais agilidade para a entrada e saída de veículos, mais credibilidade para quem visita à empresa e maior aproveitamento do espaço, com otimização de movimentação.

Conheça boas práticas da administração de estacionamentos

Como saber se a empresa que você quer contratar para a administração de estacionamentos é realmente a melhor opção para a sua companhia ou mesmo para o evento que você está organizando?

Existem boas práticas de administração de estacionamentos que podem assegurar um serviço de qualidade e a tranquilidade dos usuários. Confira:

Determinar valores fixos por serviço ou por hora

Deixar preços disponíveis para consulta e em local de fácil visualização é estabelecer uma relação de transparência com o consumidor. Assim você deixa nítido, desde o início, quais são as taxas cobradas para cada tipo de serviço oferecido.

Ter uma equipe qualificada

A primeira impressão é a que fica, e são as pessoas que fazem uma empresa. Não adianta investir em marketing se na hora de parar o carro as pessoas se sentirem desconfiadas ou, pior ainda, se forem mal atendidas. Contar com uma equipe qualificada para atender o público e passar a impressão correta é imprescindível quando se fala em administração de estacionamentos.

Tecnologia a favor

Na PareBem, um dos diferenciais está na administração de estacionamentos de forma remota. Além de garantir a rentabilidade das vagas de estacionamento, promove uma experiência diferenciada ao seu cliente. Por exemplo, o cliente perdeu o tíquete, com a tecnologia da PareBem esse problema é resolvido em menos de 60 segundos e sem transtorno ao consumidor.