Você está em:

Concessão de estacionamento: como funciona?

A concessão de estacionamento público rotativo é a cessão, pela prefeitura, da gestão do serviço de Zona Azul para a iniciativa privada, ou seja: para que essa administração seja realizada por empresas e não pela administração pública.

O estacionamento rotativo (ou zona azul, como é mais conhecido) é formado por vagas demarcadas nas cidades que podem ser usadas por um determinado período, mediante pagamento de uma taxa previamente fixada pela prefeitura dos municípios ou, no caso da concessão de estacionamento, pela empresa responsável.
Concessão de estacionamento

O serviço de estacionamento público rotativo por meio de concessão para empresas privadas prevê, além da manutenção e conservação das vagas, que a empresa responsável disponibilize aos usuários:

  1. Mais de um meio de pagamento

Essa é uma das formas de garantir que o maior número de usuários possa fazer uso das vagas oferecidas aos motoristas;

  1. Sinalização adequada

A empresa responsável pela concessão de estacionamento precisa sinalizar as vagas conjuntamente com a prefeitura para melhorar o fluxo viário nas zonas demarcadas de atuação;

  1. Sinalização de Vagas com acessibilidade

 A empresa que obtiver a concessão de estacionamento, deverá demarcar as vagas especiais junto com a prefeitura para pessoas com deficiência, idosos e gestantes;  

  1. Sistema operacional

Instalar e fazer a manutenção dos sistemas digitais pelos quais os usuários farão pagamento das vagas. Para fazer uso do estacionamento rotativo basta que o usuário faça o pagamento do valor estipulado.

Concessão de estacionamento traz benefícios aos municípios

Não é raro que a busca por vagas nas ruas acabe virando um problema rotineiro para motoristas. Em regiões movimentadas, a procura é ainda maior, e isso faz com que o estacionamento rotativo seja uma forma de minimizar esse problema e uma maneira de proporcionar mais comodidade aos usuários de veículos.

Os benefícios da concessão de estacionamento, ou seja, de empresas privadas assumirem a gestão dos estacionamentos rotativos, são inúmeros. Dentre as vantagens da concessão de estacionamento pode-se destacar:

  • A facilidade de utilização do serviço, uma vez que as empresas privadas têm plenas condições de agilizar a modernização do estacionamento rotativo, valendo-se do uso de tecnologias condizentes com o que há de mais recente disponível no mercado;
  • Facilidade de fiscalização. Com a utilização da tecnologia a favor do serviço, a concessão de estacionamento beneficia não só o usuário, mas é uma boa alternativa para os municípios que querem melhorar os índices de mobilidade urbana.

Para os cidadãos, poder dispor de empresas especializadas e com times de funcionários e técnicos dedicados para gerenciar os estacionamentos rotativos em condições de concessão de estacionamento é a garantia de ter mais bem-estar um índice maior de qualidade de vida.

Para saber se as vagas de zona azul da sua cidade são gerenciadas pela prefeitura ou por uma empresa concessionada, basta entrar em contato com o poder público, que deve informar a respeito da concessão de estacionamento e do estacionamento rotativo na via pública.

A concessão de estacionamento é concedida para as empresas privadas pelas prefeituras dos municípios por meio de editais de licitação, ou de concorrência, comunicados publicamente no Diário Oficial.

As empresas interessadas na concessão de estacionamento devem atender todos os requisitos e enviar suas propostas de prestação de serviço dentro das regras e prazos estabelecidos pela administração pública. O Grupo PareBem é uma das maiores e melhores gestoras de estacionamentos do Brasil e atua em diferentes cidades com contrato de concessão de estacionamentos públicos, por meio da sua empresa EXP Parking, uma empresa jovem e inovadora que enxerga, no conceito de cidades inteligentes, uma grande oportunidade para crescer e ajudar a sociedade a melhorar as questões de mobilidade e desenvolvimento, oferecendo mais qualidade de vida para seus cidadãos.

Acesse o site clicando aqui e saiba mais.